sábado, 29 de abril de 2017

Rogério Teófilo está sem liderança na Câmara Municipal de Arapiraca



Decorridos quatro meses de gestão o prefeito tucano Rogério Teófilo, não definiu até o momento a seu líder na Câmara Municipal de Arapiraca.Os vereadores tem forte poder nas decisões e ações do Executivo e são os representantes do povo. Autorizam a aprovação de empréstimos do Executivo junto as instituições financeiras oficiais e pedidos de autorização para aumentar dotações orçamentárias. Dos 17 vereadores, apenas Sinielza Pessoa (PSD) irmã do deputado estadual Severino Pessoa, que está na vaga de Aurélia Fernandes (PSB) e Melquizedeque Oliveira fazem parte da base de apoio ao prefeito, no entanto, permanecem calados e não defendem o gestor diante de criticas contundentes e ataques da maioria dos vereadores.
Rogério Teófilo sem liderança 02

Quanto aos aliados de Teófilo na Casa de Tavares Bastos, formada pelos deputados estaduais Severino Pessoa (PSC) e Rodrigo Cunha (PSDB) nenhum dos dois defende a gestão do prefeito tucano na cidade mais importante do interior do Estado. O tucano Rodrigo Cunha tem foco nas criticas ao governador Renan Filho (PMDB) enquanto Pessoa se mantém no silêncio. Recentemente, o deputado estadual Ricardo Nezinho (PMDB) que foi o adversário de Rogério Teófilo na disputa pela Prefeitura nas eleições de  2016, sinalizou a possibilidade de ajudar a gestão do prefeito Rogério Teófilo. Com esse aceno Ricardo Nezinho estaria sinalizando uma parceria na gestão ?. Só Deus sabe. 
Caciques são “calos” na gestão de Teófilo
O prefeito de Arapiraca Rogério Teófilo (PSDB) não consegue impor sua voz de comando na Prefeitura de Arapiraca diante do grande número de “caciques” que teve que se aliar na campanha eleitoral para atingir seu objetivo em mais de 20 anos de chegar ao comando da cidade mais importante do interior do Estado.  Decorridos quatro meses de gestão, não tem líder na Câmara Municipal e argumenta que trabalha em consonância com o Ministério Público.
Tranporte escolar, riscos para crianças em Arapiraca
O vereador Pablo Fênix (PRB) usou a tribuna da Câmara Municipal, na última sessão ordinária para fazer um alerta sobre a falta de qualificação de alguns motoristas de ônibus escolares da Prefeitura de Arapiraca, notadamente os recém-contratados temporariamente por meio do Processo Seletivo Simplificado (PSS). Esse processo já está na sétima chamada de inscritos e pode aumentar. 
Tranasporte escolar 02
O flagrante foi feito pelo próprio vereador, quando, segundo ele, conduzia seu veículo numa das ruas do bairro Alto do Cruzeiro. De acordo com o parlamentar, o motorista do veículo que transporta alunos da rede pública municipal não tem a mínima condição de dirigir tal veículo, por demonstrar até nervosismo ao volante.
Transporte escolar 03
“Deparei-me com uma cena inusitada. O motorista do ônibus quando me viu ficou nervoso e demorou mais de três minutos para fazer uma conversão à direita. Sou instrutor de Centro de Formação de Condutores, antiga Auto Escola, e acredito que a prefeitura deve encaminhar estes servidores para a sala de aula para serem capacitados. Esses motoristas levam perigo ao trânsito”, criticou Pablo Fênix.
Luciano Barbosa anuncia recuperação de escola em Carneiros

O vice-governador e secretário de Estado da Educação, Luciano Barbosa, anunciou a recuperação da Escola Estadual Emílio Maia, em Carneiros, sertão alagoano. Barbosa visitou o município na última quinta-feira (27), onde foi recebido pela diretora da escola Ana Luzia Soares. Na ocasião, ele debateu com professores, servidores e alunos sobre a reforma da instituição.O prefeito Geraldo Agra e presidente da Câmara de Vereadores, Gernândio de Farias, acompanharam a visita à escola que tem 54 anos de existência e 464 alunos matriculados no Ensino Médio.

Luciano Barbosa anuncia (02)

Luciano Barbosa afirmou que além da reforma, fará estudos para ampliar a unidade de ensino. “Engenheiros e técnicos da Seduc estarão no município na próxima semana para discutir a elaboração do projeto de engenharia com a direção e a comunidade escolar. Educação é prioridade do governo Renan Filho e por isso a recuperação das escolas é de suma importância para dar mais dignidade aos estudantes e servidores, auxiliando na melhora da qualidade do ensino”, afirma.

Conselhos Tutelares
O município de Arapiraca deve prover os conselhos tutelares da cidade de estrutura para que funcionem adequadamente. Em caso de descumprimento, o prefeito Rogério Teófilo poderá pagar multa diária no valor de R$ 5 mil. A decisão liminar é do juiz, Alberto de Almeida, da 1ª Vara da Comarca. O poder público terá que fornecer, no prazo de 72 horas, material de expediente (colas, grampos, canetas, papel, toner para impressora), de higiene (papel higiênico) e de limpeza (caixas de sabão em pó, detergentes, águas sanitárias). Deverá também fornecer pacotes de açúcar, café e água potável. 
Conselhos tutelares 02
“A falta de estrutura material e de recursos humanos em relação ao órgão do Conselho Tutelar prejudica as crianças e os adolescentes do município”, afirmou o magistrado. Ainda segundo a decisão, o município deverá regularizar a situação dos aparelhos telefônicos dos conselhos, a fim de viabilizar a realização e o recebimento de chamadas. Terá ainda que destinar veículos para uso exclusivo, além de dois motoristas para cobrir os plantões realizados pelos órgãos.
Vereador questiona número de secretários da gestão de Teófilo
O vereador Edvânio Correia (PSL) questiona o número de secretários de primeiro escalão da gestão do prefeito Rogério Teófilo (PSDB).Para o vereador, o gestor foi na contra mão do seu discurso de economia dos gatos públicos, moralidade, ética e transparência. A redução de 16 para 10 secretarias foi pura balela, enganação. De acordo com o Portal da Transparência,  19 integrantes de cargos comissionados incluindo o irmão do gestor, Ricardo Teófilo ganham salários de R$ 11.800,00.Outro questionamento está nos salários de dois secretários, Silvestre Rizzato (Cultura) e a vereadora licenciada, Aurélia Fernandes que ganham salários superiores a R$ 12 mil.  

sexta-feira, 28 de abril de 2017

Agentes da SMTT Arapiraca anunciam paralisação por tempo indeterminado


Categoria reivindica pagamento de salários do mes de dezembro de 2016

Os agentes da Superintendência Municipal de Transporte e Transito (SMTT) Arapiraca anunciaram através do sindicato da categoria greve por tempo indeterminado a partir da próxima terça-feira (02)de maio. Os agentes reivindicam pagamento dos salários referentes ao mês de dezembro de 2016. Ficou definido que 30% do efetivo será mantido, conforme determina a legislação.

De acordo com o comando do sindicato dos agentes, várias tentativas de acordo foram realizadas com o prefeito Rogério Teófilo (PSDB) no entanto, sem nenhum avanço nesse objetivo.

O ato foi acordado pela categoria em assembleia geral conjunta com o Sindicato dos Servidores Públicos Municiais da Saúde, Administração e Serviços de Arapiraca (Sindsar) e SINEAL ,Sindicato dos Enfermeiros de Alagoas, no dia 24 de abril último.

O documento assegura que embora o gestor tenha afirmado na imprensa que quitaria o débito salarial de todos os servidores no mês de maio, nenhum documento oficial foi firmado com nenhuma entidade sindical.

“Não há como dizer que não tentamos ou que não estivemos abertos a negociação, participamos de diversas reuniões e nenhuma solução conclusiva foi apresentada, até o parcelamento foi proposto por outra entidade sindical e não teve resposta positiva

Mesmo diante de tudo isso, ainda esperamos até abril de 2017 para iniciarmos uma greve. Fica mais do que claro que não encontramos outro meio para lutar por nosso direito, todavia, 30% do efetivo estará desempenhando suas funções normalmente conforme exige a legislação, pois não temos interesse em prejudicar a população ”, relatou o sindicalista, José Glauco de Oliveira, em nota.

Nota:

O SINDATRAN-AL, Sindicato dos Agentes Municipais de Trânsito do Estado de Alagoas, pessoa jurídica de direito privado, inscrito no CNPJ: 15.218.022.0001/08, vem por meio de seu Presidente, José Glauco de Oliveira, no uso de suas prerrogativas e atribuições, vem informar, não só os agentes, mas a sociedade como um todo a que a partir do dia 02 de maio de 2017 os agentes da autoridade de trânsito estarão em greve, essa paralisação só terá fim com o pagamento ou com o estabelecimento de um prazo oficial para o pagamento, em parcela única, do salário de dezembro de 2016, sim, por incrível que possa parecer, ainda é o salário de dezembro de 2016. Esse ato foi acordado pela categoria em assembleia geral conjunta com o SINDSAR (Sindicato dos Servidores Públicos Municiais da Saúde, Administração e Serviços de Arapiraca) e SINEAL (Sindicato dos Enfermeiros de Alagoas) no dia 24 de abril de 2017. Embora o prefeito tem afirmado na imprensa que quitaria o debito salarial de todos os servidores no mês de maio, nenhum documento oficial foi firmado com nenhuma entidade sindical. 

Não há como dizer que não tentamos ou que não estivemos abertos a negociação, participamos de diversas reuniões e nenhuma solução conclusiva foi apresentada, até o parcelamento foi proposto por outra entidade sindical e não teve resposta. Mesmo diante de tudo isso, ainda esperamos até abril de 2017 para iniciarmos uma greve. Fica mais do que claro que não encontramos outro meio para lutar por nosso direito. 

Ainda informamos que por prestamos um serviço essencial, 30% do efetivo estará desempenhando suas funções normalmente conforme exige a legislação, pois não temos interesse em prejudicar a população. 

O SINDATRAN-AL está aberto à negociação mediante interesse da gestão. 
Participem e vamos à luta! 

José Glauco de Oliveira (82) 99660-6119
Presidente




quinta-feira, 27 de abril de 2017

Jornalista Carlos Chagas morre aos 79 anos em Brasília


Morreu nesta quarta-feira (26), em Brasília, o jornalista Carlos Chagas. Ele tinha 79 anos e sofreu um aneurisma na artéria aorta.Carlos Chagas era mineiro de Três Pontas. E no dia a dia do jornalismo, da cobertura política, era como um autêntico mineiro que se comportava. Sempre com voz mansa, gestos contidos e um aguçadíssimo olhar de repórter.

A filha, a também jornalista Helena Chagas, ex-ministra-chefe da Secretaria de Comunicação do governo Dilma, escreveu sobre o pai em uma rede social: “Era a melhor pessoa que conheci nesse mundo."

E falou ao G1 sobre o profissional Carlos Chagas:

“Ele foi um grande jornalista. Um exemplo de seriedade, de amor à notícia, de honestidade. Quem trabalhou com ele, quem foi aluno de Carlos Chagas nos 25 anos em que foi professor na Universidade de Brasília, há de concordar com isso", disse.

Helena Chagas contou que no hospital onde o pai deu entrada às pressas na segunda-feira (24) por causa de um mal súbito, Carlos Chagas foi o Chagas de sempre. Chamou a família e disse:

“Tem que pagar meu Imposto de Renda. O cheque está lá em cima da mesa", orientou, com o senso de cidadania e o compromisso de sempre com o país.

Formado em direito, Chagas optou pelo jornalismo. Foi editor de política do “Globo”, na década de 60. Trabalhou no jornal “O Estado de S. Paulo”. Em 1969, foi secretário de Imprensa do ex-presidente Costa e Silva. Carlos Chagas lançou livros com a análise política da ditadura no Brasil. No fim da década de 80, se tornou comentarista político de televisão, com destaque para a TV Manchete, onde ficou por mais de duas décadas.

Em nota, o presidente Michel Temer lamentou a morte de Chagas: "Uma das maiores referências do jornalismo. Responsável pela formação de mais de uma geração de profissionais de imprensa, intransigente defensor da ética, em sua mais profunda definição."

Carlos Chagas completaria 80 anos no dia 20 de maio.

Redação com G1. 

quarta-feira, 26 de abril de 2017

Câmara Municipal solicita de Teófilo relação de secretários


Foi aprovado na sessão ordinária da Câmara Municipal de Arapiraca dessa terça-feira (25) requerimento de autoria do vereador Edvânio Pereira (Edivânio do Zé Baixinho) (PSL) em que reivindica do prefeito Rogério Teófilo (PSDB) relação dos secretários de primeiro escalão e demais cargos de superintendentes da atual gestão.
Na solicitação, o vereador solicitou o encaminhamento ao Poder Legislativo de cópias das respectivas portarias de nomeação. Explicou na justificativa do seu pedido é pelo fato de ter percebido em uma lista publicada pela própria administração municipal no Portal da Transparência, no volumoso número de cargos comissionados  com salários de secretários com salários de R$ 11.800,00
De acordo com o vereador, após tomar posse no Executivo o prefeito Rogério Teófilo, anunciou através da sua assessoria de comunicação ter reduzido de 16 para 10 secretarias, como medida de contenção de despesas. Atualmente, esse número chega a 19 ou 21 secretarias, afirmou o vereador. Ele afirmou que o prefeito Rogério Teófilo, está errando na matemática, que ao invés de subtrair, ele adicionou.

No seu pronunciamento, assegurou que o mais o surpreendeu, foi o fato de que dois secretários municipais, citando seus nomes, o da vereadora licenciada Aurélia Fernandes, que ocupa a secretaria da Saúde e de Cultura, Silvestre Rizzato, que recebem salários maiores dos que os demais secretários.


terça-feira, 25 de abril de 2017

Comoção e saudade marcam o último adeus ao radialista José de Sá


Jornalistas, radialistas, e autoridades marcaram presenças no último adeus ao comunicador

Jornalistas, radialistas, autoridades. admiradores e fãs do radialista e artista plastico José de Sá marcaram presenças no velório e sepultamento do comunicador na manhã desta terça-feira (25) no cemitério Pio XII, antes o corpo foi velado na residência da família na Rua Estudante José de Oliveira Leite no centro da cidade.

O caixão foi coberto com a bandeira da Agremiação Sportiva Arapiraquense (Asa) clube do seu coração, Jota Sá como era carinhosamente conhecido do grande público morreu na manhã desta segunda-feira (24), no Hospital Afra Barbosa, em Arapiraca, vítima de câncer de próstata, aos 84 anos, a completar no dia 25 de outubro deste ano.
Durante o velório, bastante abatido com a morte do amigo de infância, o escritor e teatrologo  Pedro Onofre, que esteve ao lado do caixão, a todo tempo, sendo consolado por parentes, em rápidas palavras, disse que foi embora uma parte de sua vida também.

“Foi uma convivência de décadas. O Jota Sá, não era apenas um amigo de infância, mas uma das mais importantes figuras da cultura de Arapiraca, sendo ele, um dos percussores de vários estilos, tanto na arte da pintura, como na comunicação”, desabafou Pedro Onofre, que momento antes da saída do cortejo, teve que ser retirado do velório por questões de saúde.

O prefeito Rogério Teófilo (PSDB), em nome da administração municipal, lamentou a morte do radialista José de Sá, lembrando que ele foi um dos precursores na cultura da radiofonia e na arte da dramaturgia,  citando como exemplo a peça o Auto da Compadecida, imortalizada em uma das salas do Teatro Thereza Auto Teófilo, um sonho do próprio artista.

O radialista Nelson Filho, destacou o trabalho do artista plástico José de Sá, afirmando que ele revolucionou a cultura arapiraquense, atuando de forma completa, sendo também, um dos primeiros profissionais da comunicação em Arapiraca, ainda com o seu serviço de auto falante e posteriormente, na Rádio Novo Nordeste de Arapiraca, com o seu inesquecível Programa nos Braços da Saudade.

O radialista e ex-deputado estadual  Alves Correia,  manifestou a sua solidariedade à família do radialista e lembrou, que foi o primeiro operador de áudio de José de Sá, na Rádio Novo Nordeste de Arapiraca, onde fez questão de afirmar, que muito aprendeu com o radialista e que sente muito a morte, não apenas de um profissional do rádio, mas de um amigo.

O radialista José Rocha, também esteve acompanhando o sepultamento e disse sentir muito a morte do amigo, mesmo sabendo que esse é um processo natural da vida. José Rocha, também apontou o nível profissional de José de Sá, afirmando que ele era o que se pode chamar de um profissional completo e preocupado com a cultura arapiraquense. O jornalista João Rocha, que acompanhou o trabalho do artista e radialista José de Sá, disse que Arapiraca está mais pobre com a morte de um ícone da cultura da cidade.
Foto:Claudio Roberto.

Professores da rede municipal de Arapiraca farão assembleia nesta quarta-feira (26)


Após retornarem as salas de aula através de decisão judicial categoria vai decidir os rumos do movimento

Após retornarem as salas de aula em cumprimento a uma decisãi judicial os professores da rede municipal de Arapiraca farão uma assembleia geral nesta quarta-feira (26) para uma decisão dos novos rumos do movimento.A diretoria do Sindicato dos Trabalhadores em Educação (Sinteal) anunciou que foi surpreendido com a medida do prefeito Rogério Teófilo (PSDB) que teria entrado na Justiça mesmo antes da decretação da greve e no período das negociações.

Os professores reivindicam o pagamento dos salários do mês de dezembro de 2016 e ajuda de custo para deslocamentos para as comunidades rurais do município.  Por outro lado, o Processo Seletivo Simplificado faz a convocação  da sétima lista dos escolhidos através de títulos para preenchimento das 600 vagas na rede municipal de ensino. O problema implica que as salas de aulas continuam com uma grande carência professores

Esse problema foi denunciado pelos vereadores e o Sinteal, que apontam 20 escolas sem atividade educativa e seis interditadas. Uma situação nunca vista na história da educação na segunda cidade mais importante do Estado que hoje está no comando do educador, ex-secretário de Estado da Educação e prefeito Rogério Teófilo.

Para a presidente da Câmara de Arapiraca a vereadora e professora Graça Lisboa (PDT) tudo começo com a forma  de se realizar o PSS, através da apresentação de títulos. No entender da vereadora, a secretária municipal de educação, Mônica Pessoa, deveria ter seguido a orientação do procurador de Justiça, Walter Omena, que pediu para que fossem convocados a reserva técnica dos PSS, por três meses enquanto se fazia o processo  através de concurso ou apresentação de títulos. 



Hospital Regional intensifica atendimento na UTI Neonatal após nascimento de quadrigêmeos


O nascimento de quadrigêmeos, ocorrido na semana passada, fez com que a diretoria do Hospital Regional Nossa Senhora do Bom Conselho ampliasse o número de profissionais na UTI Neonatal. 

A informação foi confirmada pelo diretor Ulisses Pereira, que comentou sobre o estado de saúde dos bebês e destacou o trabalho realizado pela equipe de obstetrícia e pediatria do hospital, bem como de outros setores. 

“Desde que eles nasceram, aumentamos nosso atendimento para que eles e todos os outros da UTI recebessem os procedimentos adequados e necessários. Infelizmente, perdemos um dos quadrigêmeos, mas estamos fazendo de tudo para que os outros três possam se recuperar", explicou.

De acordo com Ulisses, que é médico ginecologista, o estado de saúde dos bebês ainda é muito delicado, em virtude da pouca formação devido a prematuridade. Apesar disso, os três estão recebendo toda atenção e medicação adequada, para que os órgãos possam funcionar normalmente.

“O estado mais crítico foram os das 72 horas, porém os primeiros quinze dias são de perca de peso. A partir daí, vamos fazer com que eles tenham uma formação melhor para depois ir a Unidade Canguru, onde a mãe poderá acompanhar os filhos mais de perto, inclusive tentando a amamentação”, acrescentou.

O dirigente fez ainda um alerta para uma dura realidade do hospital – a lotação de bebês prematuros na UTI Neonatal devido à falta de outra opção hospitalar na região.

“Temos disponibilidade para 10 bebes, mas atualmente estamos com 17, bem acima da nossa capacidade. Por isso, comunicamos a Secretaria de Estado da Saúde sobre a situação de emergência em que nos encontramos e eles prometeram nos ajudar com dois respiradores e também promovendo a transferência de alguns bebês para outras cidades, como Coruripe, São Miguel dos Campos e Palmeira dos Índios”, concluiu.