quarta-feira, 3 de junho de 2009

Barragem da Bananeira um lago de esgoto a céu aberto em Arapiraca







Construída com recursos do governo federal da ordem de R$ 20 milhões a Barragem da Bananeira no município de Arapiraca até o presente momento não cumpriu sua finalidade social. As obras foram iniciadas em 2001 e o objetivo seria a geração de 2.500 empregos diretos, desenvolvimento de projetos de irrigação e piscicultura além de lazer e comércio.


O (contrato foi assinado em 1999, e nasceu de uma iniciativa da então deputada federal Ceci Cunha (PSDB)) na época grande aliada da então prefeita Célia Rocha (PTB). O projeto seria um grande passo para o desenvolvimento sócio econômico de Arapiraca e região Agreste promovendo produção de alimentos emprego e renda.


Atualmente, o grande volume superior a 12.600.000 metros cúbicos de água acumulada é poluída, originaria do riacho Piauí, que atravessa a cidade onde são despejados todos os dejetos de casas de saúde, hospitais, três postos de combustíveis e do Mercado Público. Uma estação de tratamento das águas que está no projeto nunca foi iniciada. O sistema de tratamento de água de acordo com o projeto seria através do bombeamento e na ligação de linhas de água para a irrigação nas propriedades rurais proporcionando a produção de frutas tropicais e hortaliças.


O tratamento do grande volume de águas poluídas seria feito através do uso de lagoas de estabilização composta de uma anaeróbica, sendo uma facultativa e duas de maturação. De acordo com o projeto de esgotamento sanitário de Arapiraca que até o momento não foi iniciado, vem desde a administração do então prefeito Severino Barbosa Leão, que governou o município de Arapiraca em duas legislaturas sendo uma de seis anos.



Recursos foram liberados por Luciano quando ministro da Integração Nacional



Principal carro chefe para a campanha de Luciano Barbosa para a Prefeitura de Arapiraca no primeiro mandato, a barragem da Bananeira foi orçada em R$ 20 milhões. A primeira etapa dos serviços foi concluída em 2004, e os primeiros recursos liberados foram na ordem de R$ 2 milhões.


A construtora responsável foi a Cipesa Engenharia. Em seguida foram liberados recursos na ordem de R$ 5 milhões graças ao apoio do senador Renan Calheiros (PMDB) e do então senador Teotônio Vilela Filho (PSDB).atual governador e que não é mais aliado político de Luciano Barbosa (PMDB)


A obra sofreu algumas paralisações por conta da contenção de despesas do governo federal na gestão do prefeito Luciano Barbosa a frente do Ministério da Integração Nacional no governo Fernando Henrique Cardoso foram liberados recursos na ordem de R$ 11 milhões.


Em seguida foram captados mais R$ 5 milhões garantidos através do Orçamento Geral da União. A proposta de criar 2.500 empregos ligados de alguma forma a barragem, projetos de piscicultura 405 hectares de cultura irrigada para cerca de 105 produtores do Agreste através de uma cooperativa. Até o momento nada foi concretizado e a Barragem serviu apenas como carro chefe da primeira campanha de Luciano Barbosa para chegar a Prefeitura de Arapiraca.

6 comentários:

  1. Essa barragem não foi construída no Riacho Piaui e sim no Riacho Seco Esse em o verdadeiro nome.
    Eu nasci e mim crie no na vila Bananeiras e sei o que estou falando...
    O Riacho Piaui e o outro que fica entre o povoado Bananeiras e Povoado do Igá esse sim e o Riacho do Piaui e tem mais eles sabiam que esse Riacho seco erra poluído e mesmo assim construíram essa barragem lá, e sabiam que não estavam construindo no riacho Piaui e mesmo assim construíram lá. Eu desde de criança que sabia que o riacho seco é poluído... e por eles não sabiam disso!!! O riacho Piaui está la sem nem uma pá de terra pra represar suas águas.
    Até quando esse políticos vão fazer o povo de palhaço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Morava onde ali caro amigo ? eu tambem nasci la kk pelo menos ate os meus 12 anos kkkk?

      Excluir
  2. Agora pra onde foi esses milhões???
    concerteza não pra barragem...
    pensem nisso!!

    ResponderExcluir
  3. Isso não é uma barragem e sim um esgoto a céu aberto,esta barragem represa todo esgoto vindo da Cidade de Arapiraca inclusive o esgoto de HOSPITAIS DA CIDADE no qual esta contaminando o lençol freático da região, São sete kilometros de águas represada no qual não seve pra nada. E sim pra contaminar o solo e principalmente o lençol freático da região, que é um dos mais rico em água potável na região, e quem perde com isso é o povo de VILA BANANEIRA QUE TEM UMA NASCESTE DE ÁGUA POTÁVEL NO QUAL ABASTECE TODA VILA BANANEIRA E O POVOADO DE PIAUÍ QUE É ADMINISTRADA Companhia de Saneamento de Alagoas - CASAL É ATE AGORA NÃO SE MANIFESTOU SOBRE ESSE ASSUNTO.

    ResponderExcluir
  4. Se minguem se manifesta eu vou mim manifesta vou manda para o Ministério do meio ambiente documento e prova dessa mutilação do meio ambiente da região.

    ResponderExcluir
  5. vamos reagir autoridades só reagem para desviar nossos recurcos pra suas contas BANCÁRIAS

    ResponderExcluir